Post Page Advertisement [Top]


Paz e graça queridas. Eu gostaria de falar a respeito de nossos pensamentos e sentimentos atuais no Evangelho de Cristo. 

Se vocês tem seguido já há um bom tempo, guardem bem suas mentes. Tenham muito cuidado com pensamentos do tipo: “Todo esse tempo em Cristo e agora o que tenho?”, “Não aceitei José anos atrás por obediência ao Senhor e agora veja como está meu casamento!”, “Como estou exausta!”, “Há, se fosse diferente!”...
 Talvez tenha sido assim que Judas começou sua queda. Se lermos toda história com atenção, não vemos um Judas maligno, cheio de ódio e falsidade. Ele havia largado tudo que aprendeu e seguido a Cristo, ele havia mudado de vida quase que completamente e inesperadamente para seguir o filho de Deus, aceitando um novo conceito, uma nova rotina e moradia, conseguem imaginar isso? Mas, por ser tão focado nas coisas terrenas provavelmente anos depois, se viu frustrado, dormindo em lugares frios ou passando noites em claro, tratando de doentes o dia inteiro e alimentando de graça multidões de seguidores, com uma bolsa cheia de dinheiro nos ombros, que não era seu e que não podia gastar tudo consigo mesmo! Com certeza, creio que foi aí que a brecha em sua vida foi aberta. O verso 18 do capitulo 13 do Evangelho segundo João, Jesus relata com tristeza que aquele que comia pão com ele à mesa, virou contra si seu calcanhar, fazendo referência ao lamento de Davi (Salmos 41:9). Pois é bem possível estar nos caminhos do Senhor, mas distante dEle. Judas estava em quase todas as refeições, milagres e momentos de comunhão com seu "corpo”, mas seu coração e mente estavam em outro caminho.
 A Bíblia afirma logo mais, que na noite da ceia, Judas foi possuído por satanás a fim de trair Jesus (João 13:27). Mas, ele não o possuiria assim, de imediato e repentino. Com toda certeza, vinha soprando indignação aos ouvidos do tolo Judas e envenenando seu coração, há um bom tempo!
Porém, naquela mesma noite, diante de Jesus, enquanto Judas pensava em entrega-lo, João reclinava em seu peito (João 13:23). Esta é a diferença! Enquanto um virava suas costas o outro aproveitava da presença e descansava admitindo sua dependência.

Talvez hoje você esteja cansada minha querida, até mesmo frustrada. Talvez tenha deixado muita coisa por amor a Jesus e tenha entrado em muitas circunstâncias não tão boas, mas por favor, não confunda as coisas! Cristo não tem culpa pelo atual mal em sua vida e Ele ainda é sua melhor escolha! Se estiver cansada, descanse nele com toda sua fragilidade e frustração, se estiver com pensamentos ruins, livre-se deles! Só se frustra quem começa o caminho com os olhos na terra. O cristianismo só pode ser trilhado se for por amor exclusivo à pessoa de Deus. Se por um acaso lhe falta isso, não tenha medo de dizer a ele em prantos. Davi pediu um novo coração a Deus quando chegou à conclusão de que o dele já não tinha jeito, e ele foi refeito.
Conosco não é diferente. Uma vez tendo escolhido o Senhor, continue a fazer isso todos os dias inclusive nas horas mais difíceis. Seu Deus irá lhe proteger de qualquer mal afim de que eles não roubem sua vida, assim como foi inclusive com o jovem João, onde mesmo sendo jogado em óleo fervente, não sofreu nenhum dano e foi livre da morte para a glória de Deus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é extremamente importante, Comente!