Post Page Advertisement [Top]


Graça e Paz, queridas!
Creio que vocês também têm observado o grande défice no papel de "mãe de família" que tem  crescido na sociedade do nosso século. E diante dele, nós cristãs, chegamos a pensar se realmente é lícito uma mulher trabalhar fora de casa, fazer faculdade, abrir um negócio, deixar os serviços do lar para uma diarista, etc...
Há tantas empregadas domésticas que bem poderíamos confundir com as donas da casa, uma vez que se elas faltarem não há comida, limpeza, mimos e mais nada. E o que falar das crianças que mal falam com suas mães e de verdura, só conhecem a alface?

Mas eu gostaria de dizer que a mulher virtuosa citada em Provérbios, trabalha sim, para o sustento adicional de sua família. (Pv 31:24)
Ela possui empregadas. (PV 31:15)
E inclusive, é empreendedora. (Pv 31:16)

Mas, embora ela seja e faça tudo isso, ela não gasta dinheiro em vão, comprando coisas fúteis (v.11)
Ela não vive ociosa, assistindo e comendo, como hoje em dia é muito visto (v.13)
Ela não dorme sempre até tarde e se responsabiliza a observar o cardápio da família, mesmo tendo empregadas. (v.15)
Ela se valoriza, não vivendo em busca de elogios e dependendo deles para sorrir. (v.18)
Ela procura fazer algo especial para os seus e para si própria, ao invés de comprar. (v.19)
Ela reparte com quem precisa (v.20)
Ela é precavida. (v.21)
Ela sabe se vestir. (v.22)
Se possível, ela opta por um trabalho que possa fazer em casa, para poder cuidar melhor dos filhos. (v.24)
É forte e não vive temendo o que vai acontecer, pois está muito ocupada com o presente e o amanhã, entrega a Deus. (v.25)
Ela não fala o que não deve aos outros. E busca sempre ser gentil, sem gritarias. (v.26)
Não passa sua responsabilidade a terceiros. Não é preguiçosa. (v.27)
E tem o respeito dos filhos, pois os educou na Palavra com exemplo vivo. E não no famoso “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço.” (v.28)

O problema não é trabalhar fora, ter uma carreira importante ou ter empregada. O problema real é o comportamento e o censo de responsabilidade diante dessas coisas. Pois elas, na vida de uma mulher com a mente reformada na Palavra, estão incluídas na função de edificar a família.
Nem todas conseguem lidar com o trabalho doméstico sozinha, nem todas possuem uma renda suficiente dentro de casa, vinda do marido. Nem todas podem ficar com os filhos 24 horas, e isso não é um pecado. Mas, absolutamente todas podem edificar as suas casas, com uma mente reformada e ações virtuosas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é extremamente importante, Comente!