Post Page Advertisement [Top]


Paz e Graça moças! Hoje gostaria de apresenta-las algumas informações atualizadas sobre a vida de nossos irmãos ao redor do mundo. Por favor, prestem a atenção...

Em 2018, 4.305 cristãos foram mortos, 3.125 foram perseguidos e 1.847 igrejas foram atacadas, segundo dados de um relatório da organização Portas Abertas, que apoia os cristãos perseguidos.
Em janeiro as Filipinas tiveram 27 cristãos mortos em atentados.

Na Nigéria, em fevereiro, 42 cristãos foram assassinados.

Na Índia, algumas casas e lugares de culto e oração têm sido invadidos e destruídos por radicais hindus.

Em Kochcikade, na última sexta feira Santa, um pouco antes da Páscoa, ocorreram explosões na Igreja de Santo Antônio, na Igreja de São Sebastião em Negombo, na Igreja de Sião em Batticaloa, no Kingsbury Hotel e no Cinnamon Grand Hotel em Colombo. Muitas mortes foram confirmadas e mais de 300 pessoas foram gravemente feridas.

Na China, grandes ataques à igrejas tem ocorrido ao mesmo tempo que líderes cristãos estão sendo detidos (e depois presos). Cristãos em geral estão sendo denunciados ao governo por seus próprios parentes e vizinhos, devido a recompensa em dinheiro dada a quem encontrar um cristão propagando sua fé.
Muitos são atacados e espancados. Incluindo um casal de pastores enterrado vivos meses atrás, após tentarem impedir a demolição do templo onde ministravam a Palavra. 


Publicidade:

Estas são apenas algumas das últimas informações recebidas sobre aqueles que seguem a Jesus nestes países. Eu não estou as informando sobre tais coisas, na intenção de agustia-las logo no início do ano. Mas, para declarar que realmente precisamos abrir os olhos para a realidade atual e nos tornarmos mulheres de intercessão. 

Não fiquem alheias aos ocorridos. Procuram a respeito, leiam os artigos, atualizem-se. Inspirem-se com os testemunhos impressionantes de fé e força que essas pessoas estão pregando, mesmo sendo caçadas e maltratadas pior que animais e os coloque em suas orações.
Eles são a prova real de que é possível vencer as fofocas daquela irmã da igreja, a injúria daquele parente, a falta de emprego no país ou o bulling no colégio. Eles passam por coisas extremas e mesmo assim confessam no final do dia, que Jesus Cristo é o filho de Deus!

Sim, nossos problemas são importantes. Nossas dores são difíceis. Mas, no momento em que você passar a orar por uma causa maior que sua própria vida – seus olhos passarão a enxergar o mundo de uma outra forma e algo irá mudar dentro de você. Algo que não é possível explicar agora, mas que só é possível descobrir experimentando. 
Que Deus nos abençoe! 

[Fonte de algumas informações: guiame.com.br e www.portasabertas.org.br] 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é extremamente importante, Comente!