Post Page Advertisement [Top]


Hoje nós iremos falar sobre um tema muito perguntado por vocês em nossas lives no facebook, no instagram e etc. Sobre como saber se um relacionamento é de Deus ou não. Mas hoje eu quero aproveitar essa pergunta para falar na verdade 5 coisas que vocês precisam analisar antes mesmo de entrarem em um relacionamento, e aí a chance de vocês ficarem na dúvida se é de Deus ou não será bem menor. Então sem mais, vamos lá:

PRIMEIRA COISA
Parar de espiritualizar tudo. É muito comum a gente ver pessoas, principalmente jovens, orando, jejuando e até pedindo revelações em relação a um crush (pessoa que você gosta). Você se atrai por alguém e imediatamente começa a "ora por essa pessoa", mas a primeira dica que eu tenho para te dar é "vai com calma", não espiritualize tudo. A oração é de fato um fator importante juntamente com todas as outras partes de uma vida espiritual, mas eu gosto muito de lembrar que as orações estão muito ligadas, conectadas às nossas emoções e isso pode ser perigoso, já que, o "coração do homem é enganoso" (Jr. 17:9), quando estiver apaixonado (a) por alguém e deseja começar a orar por ela, peça a Deus que sonde o seu coração e o limpe das influencias das emoções, pois você pode achar que uma resposta veio de Deus quando na verdade não passa da sua emoção falando mais alto. Então, ore, mas não ignore a racionalidade.

SEGUNDA COISA
Conhecer bem a pessoa antes de qualquer coisa. Existe um sentimento sonhador muito forte nessa geração, o/a crush entra na igreja e do passar da porta até o se assentar no banco tu já imaginou uma casa na praia, um casamento na Europa (Gabriela Rocha kkk), dois filhos e um cachorro. Então, vai com calma. É muito importante que você conheça muito bem a pessoa antes de qualquer coisa. Um relacionamento de sucesso não nasce sem antes ter sido criado um laço de amizade forte e resistente. Parafraseando Salomão eu digo, em todo tempo ame um(a) amigo(a) e na hora certa nasce um marido/esposa. Conhecer bem a pessoa te vai te prevenir de muitas frustrações, dores, arrependimentos no futuro. Além de te ajudar na análise de saber se realmente a pessoa é só um amigo(a) ou pode ser algo mais.

TERCEIRA COISA
Ficar atento ao jugo desigual. Mas não é isso que você já deve ta pensando: "tá já sei que não posso namorar não crente". Não, não é disso que to falando. O termo "jugo desigual" foi banalizado ao decorrer do tempo, e muitos acham que isso só se refere a questões religiosas (igrejas, religiões, crenças diferentes). O que eu tenho pra te falar é que jugo desigual vai muito além disso. Jugo desigual é tudo aquilo que te distancia da outra pessoa, mas como assim Ruan? Exemplo: você tem um chamado para ser uma missionária, mas seu crush tem um chamado para ser um pastor local, restrito a igreja. Esse relacionamento tem grandes chances de ser enfraquecido ao decorrer do tempo. Um casal precisa partilhar dos mesmo propósitos, dos mesmo fardos, dos mesmos jugos, um caminhar para o norte enquanto o outro caminha para o sul é um grande risco para a resistência à crises. Os chamados, os ministérios, as ambições, os sonhos, as vontades, os desejos, tudo isso precisa se completar, se relacionar na vida de vocês. Não tem como um casamento sobreviver se um sonha em morar na Argentina e o outro sonha em morar em Dubai. Vocês precisam estar em pleno acordo em todas as esferas da vida futura, caso contrário, um sempre será prejudicado e terá que enterrar muitos de seus sonhos. Fique atento ao judo desigual, não só de crenças e religiões, mas de propósitos, chamados, sonhos e etc.

QUARTA COISA
Pensar mais com o cérebro. Complementando os passos anteriores, você precisa utilizar mais seu cérebro. Deus nos deu uma incrível capacidade aos seres humanos, só nós desfrutamos do poder do raciocínio. É preciso que você fique atento a isso, como já disse no passo um, o coração é enganoso, quando você se deixa ser guiado apenas pelas emoções, elas muitas das vezes cegam muitas coisas que você não percebe e quando a chama desses sentimentos forem controladas existe uma probabilidade gigantesca de você enxergar coisas que você não estava enxergando antes, e pior, odiá-las. A palavra de Deus fala em Romanos 12, que para conseguirmos provar da boa, perfeita e agradável vontade de Deus, é preciso que ofereçamos a Ele um sacrifício vivo, santo e agradável, porque esse seria o nosso "culto racional". Ou seja um culto com entendimento do que está sendo feito, o mesmo serve para os relacionamentos, para que você prove de uma relação plena, você precisa abrir sua mente para a racionalidade e a análise, é preciso saber o que está sendo feito e para que. Sentir, mas pensar, desejar, mas avaliar, gostar, mas analisar. 

QUINTA COISA
E para encerrar essas cinco singelas dicas, firmar Deus no centro. É muito comum o fogo da paixão assumir o lugar de Deus no coração de muita gente, e aí você começa se perder no caminho da paixão esquecendo-se do verdadeiro amor que é soberano sobre tudo e todos. É de suma importância que você mantenha o trono do seu coração ocupado pela pessoa certa. Nunca deixe que nada ocupe esse lugar, porque os homens e mulheres falham quando estão sentados nesse lugar, e as vezes eles podem quase destruir tudo que você tinha conquistado. Lembre-se sempre que só existe um Rei verdadeiro e soberano e apenas Ele deve ocupar o lugar principal no seu coração. Cuidado para não fazer do seu companheiro (a) um ídolo de adoração, pois o dia que isso acontecer você se tornará um idolatra e terá vendido o trono por um preço absurdamente inferior. Ele é o seu Rei, e mais ninguém.



Um comentário:

Sua opinião é extremamente importante, Comente!