Post Page Advertisement [Top]


Eu já não sabia mais o que fazer, não tinha pra onde correr, pois nada e nem ninguém preenchia esse vazio. É como quando estamos com fome, e ficamos com aquele buraco no estomago, a diferença é que quando comemos passa, e nada que eu fizesse passava.

Me sentia sozinha, como se eu vivesse num mundo onde ninguém me enxergasse. Ia pra bares, shows, shopping, algumas vezes até sentia uma sensação momentânea de felicidade, mas quando chegava em casa e deitava no meu travesseiro o vazio voltava.

Cheguei muitas vezes a pensar que era por conta de um relacionamento fracassado do passado, outras vezes achava que era a falta de diálogo em casa, coloquei a culpa até nas amizades que se afastaram, demorei pra perceber que o que realmente estava me faltando era o relacionamento, o diálogo, a presença de Deus.

Então me entreguei ... não como deveria, mas da maneira mais sincera que consegui.
E desde então esse vazio está sendo preenchido pela palavra, pela graça e principalmente pelo amor de Deus. Já não me sinto mais sozinha, pois sei que a todo momento Ele está comigo, até mesmo quando eu não mereço Ele cuida de mim.

É um amor tão puro, tão real, de graça, pois Deus não cobra nada além de amor, amor e mais amor.

Amor para com Ele e paro com os Dele.

Depois de tanto procurar, Ele me encontrou, com sua infinita bondade e misericórdia me aceitou e fez do meu coração Sua morada.

E hoje, com toda a certeza que existe dentro de mim posso dizer o quanto amo a Ele, porque Ele me amou primeiro (1Jo 4:19).

Um comentário:

Sua opinião é extremamente importante, Comente!