Post Page Advertisement [Top]



As vezes ao olhar as bondosas moças puritanas que se destacam na atualidade inclusive na mídia, pode-se sentir uma certa frustação. Não inveja, mas uma certa tristeza consigo mesma diante de tanta beleza, de suas vozes mansas e humildes, seu comportamento moderado e fala temperada, da forma como que as roupas caem bem em seus corpos... Pode sim, chegar inclusive, um desânimo por não ser assim, apesar de tentar muito.

Mas o Espírito em momento algum nos disse para sermos elas. Ele nunca as colocou à nossa frente e as apresentou como nosso parâmetro. Nós é quem fizemos assim. E isso é como correr uma corrida olhando para os lados e não para a linha de chegada à nossa frente.
Tais moças exalam tanta graça porque estão seguindo a Cristo. Se fizermos isso, também podemos conseguir. Porque Cristo é o parâmetro. Ele foi colocado à nossa frente pelo Espírito, através da Palavra e Ele é a linha de chegada, a vontade revelada.

Talvez não falaremos com tanta suavidade devido ao nosso tom de voz, mas Ele não quer que sejamos mau educadas. Talvez algumas peças não combinem tão bem com nosso biotipo, mas Ele quer que estejamos descentes (seja com o estilo Lady Like ou não). Talvez levamos mais tempo para obter a paciência mas Ele não quer que sejamos iracundas, talvez não teremos tanto jeito para aconselhar em tudo nossos futuros ou atuais maridos, mas Ele quer que os apoiemos de alguma forma, seja com um abraço ou uma oração. Porque Ele trabalha sobre o que somos.

O som do violão nunca será o mesmo do piano, mas o mesmo Espírito deve operar em ambos.
No fim, Ele só quer que a gente seja o que Ele diz na Bíblia, não necessariamente como as outras são. Porque assim, estaremos unidas no mesmo intuído, umas um pouco diferente das outras, mas todas no mesmo propósito: O de glorifica-lO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é extremamente importante, Comente!